GPR – Grupo de Patrulhamento Rural

Grupo de Patrulhamento Rural atende cerca de 60 bairros diariamente

 

O grupamento do Pelotão Rural da Guarda Civil atua em uma área de cerca de 3.950 km2 e percorre mais de 60 bairros por dia, onde vivem e trabalham aproximadamente 5% da população municipal. A equipe do GPR é composta por 14 guardas-civis, que se dividem em turnos de revezamento e utilizam quatro viaturas equipadas para trafegar em estradas de difícil acesso.

 

O subcomandante da Guarda Civil, Subinspetor Ronaldo Milani, é quem coordena os trabalhos da equipe. Ele explica que os serviços prestados pelo Pelotão Rural vão além de atender ocorrências de roubo e furto, combatendo a criminalidade, mantendo a ordem pública e ainda de forma pioneira atuando em conjunto com SAMU no pronto atendimento as vítimas de acidentes de modo geral. “Nossos serviços não estão apenas ligados ao uso de força policial. Atendemos ocorrências de primeiros socorros como nos casos de picada de animais peçonhentos, envenenamento por agrotóxicos, mulheres em trabalho de parto, acidentes domésticos, com lâminas, facão, foice, cortadores de grama”, explica.

 

Ele explica ainda que atuação das equipes é de extrema importância, já que as regiões são muito afastadas do Centro da cidade, onde estão os serviços essenciais. A ronda diária acaba fazendo com que os guardas criem laços com essa população, o que torna o trabalho mais acessível, reforça.

 

“É de extrema importância manter os trabalhos e o máximo contato com os moradores e sempre atualizar os equipamentos do Pelotão Rural. Inclusive ampliamos nosso trabalho de monitoramento no mês de março, quando recebemos dois aparelhos de GPS do Conselho Municipal Desenvolvimento Rural (COMDER). Isso demonstra que o município também tem compromissos de segurança com os moradores das áreas mais afastadas. Investimos constantemente em material humano e em equipamentos para que essa área seja sempre bem atendida”.

 

Os guardas possuem treinamento específico para atuar no batalhão de Controle de Distúrbio Civil (CDC), em operações nas quais é necessário o uso da força da tropa de choque. As equipes trabalham em sistema de revezamento, o que permite que todos conheçam todas as regiões dos cerca de 60 bairros, otimizando o atendimento.

 

 

PRIMEIROS SOCORROS – Desde 2014, a Guarda Civil, em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde, implantou no Pelotão Rural os serviços de primeiros socorros sob orientação dos profissionais do SAMU. Para desempenhar a atividade, o grupamento fez curso especial, focado no atendimento às vítimas de acidentes e também para apoio em eventualidades de emergência.

 

GPS para área rural – Dois equipamentos de GPS compõe desde março/17 o Grupamento Pelotão Rural (GPR), com o objetivo de facilitar a localização e o  atendimento das regiões rurais. A comandante da Guarda Civil, Lucineide Aparecida Maciel explica que o morador ao se cadastrar receberá um código de identificação. “Ao procurar os serviços da Guarda Civil pelo telefone 153, o morador cadastrado deve informar seu código para que o GPR localize o endereço. A identificação do morador pelo código facilitará o trabalho das equipes do Rural e agilizará o atendimento em cerca de 10 a 12 minutos. É um ganho considerável para a comunidade”.

 

Muitas famílias já foram cadastradas. Os interessados deverão procurar pelo telefone(19) 3437-4000 da secretaria municipal de Agricultura e Abastecimento (Sema).

‹ voltar
ESTATÍSTICAS GCM

Acompanhe todas as ocorrências registradas pela Guarda Civil de Piracicaba

ACESSAR