GPC-01 detém mulher que tentou passar notas falsas em loja

A equipe do GPC (Grupamento Ciclístico), composta pelo GC Tomoaki e pela GCF Vanessa, recebeu uma solicitação da Central de Operações (COP) para averiguar duas mulheres que estavam tentando passar notas falsas no Comércio da área central, pela Rua Governador Pedro de Toledo.

Ao chegar no local havia uma mulher já detida por populares. A mesma havia comprado um relógio e passado a nota. Ao ser indagada afirmou não saber que a nota era falsa. Foi questionada quanto a existência de mais notas e a mesma negou porém, em revista aos seus pertences, a mesma abriu a carteira e lá fora localizado mais um montante, que totalizou 1700,00 reais. Ao ser questionada sobre a procedência das notas afirmou inicialmente que vendia produtos de beleza e recebeu de uma cliente e posteriormente afirmou que era de uma conhecida mas não quis identificar a mesma. Porém em contato telefônico, o marido da mesma informou que se tratava da cunhada dela. Feito contato com a outra mulher, a mesma disse que iria até a loja, porém, não compareceu no local.

A parte detida foi conduzida até a Polícia Federal, onde no local compareceu o marido da mesma levando a outra mulher e o marido dela, irmão da parte detida. Na Polícia Federal, o Dr Florisvaldo Neves ratificou a voz de prisão em flagrante delito, e a outra moça foi inquerida para investigação.

O GC Tomoaki e a GCF Vanessa apresentaram a ocorrência, sendo apoiados no local pela equipe do GPC 2, VTR 81 e Equipes de ROMO.

 

 

‹ voltar
ESTATÍSTICAS GCM

Acompanhe todas as ocorrências registradas pela Guarda Civil de Piracicaba

ACESSAR