288Kg de maconha e dois presos em conjunto com Dise

Uma investigação que durava três meses sobre a vinda de armas do Paraguai para Piracicaba, terminou ontem com a prisão de dois homens e apreensão de 288kg de maconha, distribuída em tijolos prensados e acondicionados em embalagens de caixas de som, tudo dentro de uma Fiat Doblò. À frente deste carro vinha um “batedor” – um outro veículo que vinha à frente escoltando o que trazia todo o entorpecente.

É, segundo o delegado da Seccional, João Sérgio Marques Batista, a maior quantidade de drogas apreendidas desde o inicio deste ano na cidade, este em especial contando com o trabalho conjunto da Guarda Civil Municipal. Os guardas abordaram o veículo e logo em seguida, chegaram os policiais da Dise. Uma vez abordado, o responsável pelo frete informou que havia somente pouca quantidade de drogas no porta-malas do veículo

A polícia apurou que o rapaz que assumiu a droga – ele viajava na Doblò com outras quatro pessoas. Entre elas sua irmã e sua namorada – estava fazendo frete para um traficante, o qual iria mandar essa droga para São Paulo e Rio de Janeiro. Apurou-se ainda que ele convidava pessoas para viajar com ele, como se fossem fazer compras no paraguai e pagava R$150,00, apara elas se alimentarem, mas receberiam R$150,00 por cada quilo de maconha e que, por esta encomenda, receberia R$43.200,00.

Dentre os tijolos de maconha, alguns estavam embrulhados em papel alumínio, sendo estes de melhor qualidade, quando comparados aos outros tijolos. Estes ainda aromatizados com cheiro de fruta. O flagrante que iniciou com a detenção de seis pessoas – sendo quatro homens e duas mulheres -ocorreu às 10:30h da manhã, na SP-304, Rodovia Geraldo Barros, quase doze horas depois de saírem da cidade de Medianeira, no Paraná, com destino a Piracicaba.

‹ voltar
ESTATÍSTICAS GCM

Acompanhe todas as ocorrências registradas pela Guarda Civil de Piracicaba

ACESSAR